Aqui Está o Segredo Número 1 Para o Sucesso Financeiro!

Os brasileiros nunca foram conhecidos por serem grandes poupadores – e não é que as pessoas não entendam a importância, só não é uma prioridade para a maioria delas.

Novos dados mostram que quase 25% dos adultos brasileiros não têm nada salvo para uma emergência. O pior é que cerca de 32% das pessoas entre as idades de 53 e 62 anos têm zero em um fundo de emergência – o que significa que uma despesa inesperada pode causar sérios danos financeiros, como ser forçada a pegar emprestado de contas de aposentadoria.

Sucesso Financeiro
Sucesso Financeiro

Você provavelmente já ouviu isso antes, e embora pareça um conceito simples, pode levar anos e até décadas para que as pessoas finalmente percebam o impacto que essa ideia pode ter em suas vidas (algumas pessoas nunca o fazem).

A realidade é que, até você aprender a gastar menos do que ganha, nunca atingirá verdadeiramente a liberdade financeira – a capacidade de tomar suas próprias decisões, quando quiser fazê-las, sem depender da aprovação de outra pessoa (por exemplo, o banco, outro credor ou outra pessoa).

Viver abaixo dos seus meios requer que você escolha e escolha. Talvez você tire umas férias a menos ou limite o quanto dinheiro para comer. Ou talvez você vá jantar com amigos, mas coma antes de ir, para não ficar com uma grande conta quando todos dividirem. Você pode ter uma vida social sem drenar sua carteira – basta dar um pouco de priorização e um pouco de estratégia.

Riscos de não Poupar Dinheiro Suficiente:

Independentemente da sua renda, sempre há maneiras de reduzir os custos para economizar dinheiro. Um grande problema que muitas pessoas enfrentam é a barreira psicológica – priorizando necessidades atuais e desejos sobre necessidades futuras – ninguém espera que uma emergência apareça, então é fácil supor que sempre haverá mais tempo para economizar depois.

Mas esta é uma mentalidade muito ruim de se ter, por dois motivos: Primeiro tempo é dinheiro! Quanto mais cedo você economizar, mais tempo seu dinheiro terá para crescer. Assim, mesmo se você economizar muito dinheiro no caminho, ainda não valerá tanto quanto o dinheiro que você economiza agora.

Segundo, as emergências acontecem – e a realidade é que, se você não tiver dinheiro para cobri-la, uma fatura inesperada pode acabar causando grandes prejuízos financeiros a longo prazo.

Na verdade, muitas vezes são despesas menores e inesperadas que podem causar grandes problemas – coisas como reparos de carros, manutenção de residências e contas relacionadas à saúde. Mas se você não está preparado e tem que cobri-lo com um cartão de crédito, essas pequenas contas podem rapidamente se transformar em grandes dívidas.

“Nossa análise mostra que a maioria das famílias enfrentará uma despesa inesperada significativa e possivelmente desestabilizadora em algum momento”, disse Clinton Key, pesquisador do projeto de mobilidade e segurança financeira. “É fundamental que as famílias construam uma economia de emergência”.

A recomendação mais especial deste artigo é:

Check!

Se você quer seguir o caminho mais rápido para alcançar seus objetivos, você precisa começar a viver abaixo dos seus meios – e a melhor maneira de fazer isso é começar a prestar atenção ao que está acontecendo com seu dinheiro, para que você possa manter suas prioridades alinhadas.

Decida o que é mais importante para você e comece a economizar para essas coisas. Alguns exemplos podem estar construindo um fundo de poupança emergencial, pagando dívidas ou comprando uma casa ou um carro.

Ao priorizar seus objetivos, você tem uma chance muito maior de alcançá-los – e em sua própria linha do tempo, o que é fundamental. Porque quando chega a hora de comprar uma casa e você percebe que você perdeu muito dinheiro que poderia ter sido economizado para um pagamento, ter que adiar isso, e não será uma situação muito agradável.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Coisas Que Você Nunca Deve Pagar Com um Cartão de Crédito!

Comprar por Impulso

Comprovado: Estas São as 10 Maneiras de Evitar Comprar por Impulso!